*Uma cidade diferente*

Era uma cidade

meio diferente,

ficava escuro ou claro,

assim, de repente.

As casas andavam pelas ruas

enquanto que as pessoas não,

as casas trabalhavam

e as pessoas viviam plantadas no chão.

As frutas eram verdes

as árvores eram coloridas,

das frutas estragadas nasciam

as árvores mais bonitas.

O sol aparecia à noite

iluminando as ruas,

de dia o que iluminava

era a luz da lua.

Os carros passavam voando

sempre muito apressados,

porque se fossem devagar

é que eram multados.

Os aviões navegavam

atravessando os sete mares,

os navios sobrevoavam

cortando à tona os ares.

                    Clarice Pacheco

Anúncios

11 Respostas to “*Uma cidade diferente*”

  1. laura Says:

    adorei

  2. valeria barreto Says:

    a poesia que eu mais gosto é uma cidade diferente

  3. pabloo Says:

    pooooo que massa

  4. lucas Says:

    pucha que tri

  5. lucas Says:

    legal!!!! tudo diferente

  6. gleidy Says:

    amei esta poesia e pretendo trabalha-la na feira cultural de minha escola, gostaria de algumas idéias, acho que vai ser o máximo.

  7. thauani Says:

    Gosteiiiiiii muito, hilário

  8. Ingrid Says:

    esta poesia é genial ass:ingrid

  9. Tatiane Says:

    Como a cidade de Clarice Pacheco é diferente, os versos também são. Mas eu gostei!!!

  10. Marcela Says:

    Que legal. Os versos são muito interessantes.

  11. Lúcia Says:

    A cidade imaginária da Clarice Pacheco é mesmo muito diferente. Gostei muito!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: